Megaoperação da Receita Federal fiscaliza comércio ilícito em São Paulo

by

Operação “Setembro” é a maior já deflagrada pelo Órgão no estado de São Paulo para combater a venda de produtos introduzidos ilegalmente no País

publicado: 11/09/2017 08h45 última modificação: 11/09/2017 12h50

A Receita Federal deflagou na manhã desta segunda-feira, 11 de setembro, na cidade de São Paulo, a Operação “Setembro”. A ação faz parte da cooperação entre a Receita Federal, Ministério Público Federal, a Prefeitura Municipal e a Guarda Civil Metropolitana de São Paulo.

A ação se dá em cumprimento a mandado de busca e apreensão, que foi expedido pela Justiça Federal atendendo pedido de iniciativa da Receita Federal em conjunto com a Procuradoria da República em São Paulo.

A operação acontece na região central da capital paulista, que é hoje um dos principais polos de comércio de mercadorias irregulares, fruto de contrabando, descaminho e falsificação.

Dessa região saem mercadorias irregulares que abastecem todo o Brasil, gerando um prejuízo de bilhões de reais por ano com sonegação. Além do aspecto fiscal, há também reflexos em outros crimes como lavagem de dinheiro, corrupção, escravidão e até danos à saúde pública. Outro aspecto nocivo é a concorrência desleal, que gera desemprego e instabilidade no ambiente de negócios do País.

“Setembro” deverá ser a maior operação já deflagrada pela Receita Federal com objetivo de coibir esses crimes. A expectativa é que a ação dure até o final do mês de setembro e que sejam fiscalizadas cerca de 900 lojas.

A Receita Federal estima que serão apreendidas mais de 800 toneladas de mercadorias irregulares. Se a estimativa for confirmada, o valor das apreensões deve atingir a marca de R$ 300 milhões.

Simultaneamente, a Prefeitura de São Paulo realiza a fiscalização da condição de funcionamento dos estabelecimentos, do ponto de vista de alvarás, segurança e outros aspectos. Aqueles que estiverem irregulares poderão ser interditados.

Participam da ação 25 auditores-fiscais e 80 analistas-tributários da Receita Federal, além de 100 guardas civis metropolitanos.

Será concedida coletiva de imprensa às 10h, na sede do Ministério da Fazenda em São Paulo, com a participação de representantes da Receita Federal, da Prefeitura de São Paulo e do Ministério Público Federal.

Serviço – Coletiva:
Data: 11/9 (segunda-feira)
Horário: 10h
Local: Edifício-sede do Ministério da Fazenda em São Paulo (Avenida Prestes Maia, 733/sala 301, Luz, São Paulo/SP)
Importante: Pedimos que a imprensa traga pen drives para que possamos distribuir imagens da operação


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *