Operação Harpócrates: Receita Federal e Polícia Federal investigam esquemas de descaminho de mercadorias

by

A operação é o desdobramento de duas investigações que desvendaram esquemas de prática do crime de descaminho e possível lavagem de dinheiro

publicado: 21/12/2017 08h50 última modificação: 21/12/2017 10h30

A Receita Federal do Brasil e a Polícia Federal deflagraram nesta 5ª feira, 21/12, em Campo Grande, a operação Harpócrates, com o objetivo de combater a introdução ilegal de mercadorias estrangeiras no Brasil e a sua posterior comercialização, sem o recolhimento dos tributos devidos.

A operação é o desdobramento de duas investigações que desvendaram esquemas de prática do crime de descaminho e possível lavagem de dinheiro. A primeira envolve a comercialização de uma grande quantidade de produtos eletrônicos em uma loja sediada num hotel dessa capital, expondo à venda mercadorias de alto valor agregado, como smartphones, notebooks, equipamentos de informática e de som, dentre outros. A segunda investigação constatou que roupas de grife, de origem estrangeira, foram introduzidas no mercado nacional sem a sua regular importação e, posteriormente, eram vendidas em lojas dos investigados.

As medidas de busca e apreensão foram deferidas pelo juízo da 5ª Vara Federal de Campo Grande, com manifestação do Ministério Público Federal. Serão cumpridos 4 mandados de busca e apreensão na cidade de Campo Grande/MS.

Participam da operação três Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, dois Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil e dezoito Policiais Federais.
O nome da operação faz referência à mitologia grega, na qual Harpócrates representa o deus do silêncio e segredo, contrastando com a ostentação apresentada por alguns investigados.

A partir das 10h30 serão divulgadas mais informações e os resultados do cumprimento das medidas judiciais.

Delegacia da Receita Federal em Campo Grande

Telefone – 67-3318-7205


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *