Atendimento de Segunda a Sexta, das 9h às 12h e das 13h às 17h

7 ago

5 passos para abrir um negócio com segurança jurídica e patrimonial

 

O empreendedorismo é a palavra da vez no Brasil. Várias pessoas estão investindo no seu próprio negócio como forma de driblar a crise ou até mesmo para realizar o sonho de ser seu próprio chefe. Porém, para empreender é preciso planejamento e organização, para que a empresa não tenha prejuízos com pouco tempo de funcionamento. 

De acordo com dados do Sebrae, uma em cada quatro empresas não sobrevivem ao segundo ano no mercado. Algumas das justificativas para esse impasse é o investimento mal calculado e falta de planejamento. Logo, para abrir um negócio com segurança é fundamental ter um suporte patrimonial e jurídico.

Por isso, se você quer abrir um negócio com segurança e não sabe como, deve conferir esse post da MCA Assessoria Contábil. Aqui, estão os 5 passos essenciais para o sucesso da sua empresa. Confira! 

 

Abrir um negócio com segurança – 5 passos

 

1. Concepção do modelo de negócio 

Para abrir um negócio com segurança é preciso ter em mente a concepção do empreendimento. Mas, antes, é necessário responder algumas perguntas, tais como: o que faremos? Para quem? Onde faremos? Como faremos? E quanto custará? Depois de respondidas todas essas questões é hora de colocar em prática o que foi planejado.

Hoje, para auxiliar na concepção do modelo de negócio você pode contar com a ajuda de ferramentas de trabalho como o Canvas. Este é um sistema, desenvolvido pelo suíço Alex Osterwalder, em que você consegue descrever e alinhar as principais fases para construção da sua empresa, como, por exemplo, canais de distribuição, custos, recursos, fontes de receita, propostas de valor e segmentos de clientes. 

 

2. Pesquisa da viabilidade 

A segunda etapa para abrir um negócio com segurança é verificar todas as taxas e impostos do setor que você irá pagar. A pesquisa de viabilidade serve para escolher a melhor alternativa de sistema (Simples, lucro real ou presumido). Por fim, é hora de inserir o planejamento no fluxo de caixa e aplicar os instrumentos de análise financeira e econômica. 

 

3. Estabelecer a identidade da empresa 

Depois de definidos os primeiros passos para abrir um negócio com segurança, o momento é o de escolher qual será a identidade da empresa. É preciso decidir a missão, visão e valores para saber o objetivo principal da marca e que público você quer atingir. 

 

4. Formatação da estrutura jurídica 

Essa fase serve para analisar e estabelecer as principais cláusulas do contrato social e do estatuto da empresa. Aqui, são escolhidas a forma jurídica mais adequada para abrir seu negócio com segurança (como empresário individual, sociedade empresária, entre outros) e o fluxo de entradas e saídas. Deixar todos os pontos esclarecidos é essencial para que a empresa não tenha prejuízos no futuro. 

 

5. Acompanhamento 

Por fim, é preciso acompanhar de perto todo o andamento da empresa, desde os setores e documentos até colaboradores. Isso ajudará a verificar os pontos fortes do negócio e rever também todos os erros, para que eles sejam corrigidos e o sucesso da empresa garantido. 



Gostou das dicas da MCA Assessoria Contábil sobre os 5 passos para abrir um negócio com segurança jurídica e patrimonial? Está precisando de suporte para abertura da sua empresa? Entre em contato conosco e peça já um orçamento!

RECEBA NOSSAS NOVIDADES POR E-MAIL